16 ANOS DE FUNDAÇÃO

 

No início eram pais e mães únicos de filhos diferentes que sozinhos tentavam compreender o universo dos filhos,  encontrando-se nos corredores dos hospitais.

A vida colocou-os frente a frente, e, de repente, a única certeza era a de que não estavam mais sozinhos, passando então a trocarem suas experiências.
Tinham o diagnóstico tardio, e muitas vezes errado, ocasionando o tratamento precário.
Então surgiu a idéia de fundar a ABSW, primeira entidade filantrópica com o objetivo de dar apoio e suporte as pessoas com SW e seus familiares no Brasil.

Objetivos: 
Orientação sobre a importância fundamental e a viabilização no serviço público dos testes para diagnosticar com segurança a SW e realizar todos os tratamentos existentes, além de avaliações e testes pedagógicos e neuropsicológicos;
Melhora da qualidade de vida das pessoas com SW, promovendo campanhas de esclarecimento quanto às suas reais possibilidades de incluir-se na rede regular de ensino, em cursos profissionalizantes, no mercado de trabalho e em todas as atividades da sociedade a qual pertence;
Identificação de serviços e profissionais de instituições de ensino e pesquisa que possam atender as pessoas com SW;
Reuniões mensais para orientações, além de terapias em grupos e individual;
Orientação, por meio de visitas, para toda a comunidade escolar sobre a inclusão, aprendizagem e adaptações do currículo escolar;
Lutar por uma sociedade inclusiva – garantia dos direitos e deveres;
Participar na elaboração de  políticas públicas para PcD;
Inclusão social por meio de passeios em parques, museus, teatro entre outros centros culturais;
Que ao nascer uma criança com SW o profissional neonatal tenha condições de diagnosticar corretamente e precocemente, evitando desta forma comprometimento geral de saúde;
Organização um Cadastro das pessoas com SW afim de mapear suas necessidades.