Jovens especiais

Jovens especiais conhecem o ídolo

Apaixonadas pelo “príncipe” sertanejo, o cantor Daniel, as alunas da Associação Vida e Arte, que atende pessoas com deficiência física e mental em Tubarão, desde a infância acompanham o trabalho do cantor, e neste fim de semana realizaram o sonho de encontrá-lo.

Ana Júlia, hoje com 21 anos, tem Síndrome de Willians e há alguns anos frequenta a associação. Ao completar a maioridade, venceu mais um obstáculo e conquistou uma vaga no mercado de trabalho. As canções do cantor fazem parte da sua rotina e da jovem Brunna, também de 21, que possui hidrocefalia e déficit psicomotor.